Menu

Cuidados na dieta sem glúten

Cuidados na dieta sem glúten

Compartilhe:

Modismo ou necessidade? Desde que muitas famosas divulgaram os resultados de suas dietas sem glúten, a proteína passou a ser a grande vilã do cardápio das brasileiras. E como todo assunto de grande repercussão, a dieta gluten free ganhou defensores e críticos. Não há dúvidas que os celíacos, alérgicos e intolerantes precisam seguir uma dieta restrita, acompanhada por um especialista. Mas se o seu objetivo é um corpo mais belo e saudável, a exclusão do glúten é mesmo o mais indicado? 

A resposta é que não existe resposta. O glúten tem o seu papel no fornecimento de energia para o organismo e nos garante a sensação de saciedade. Sua retirada da dieta pode trazer inúmeros benefícios, mas é uma escolha que deve ser feita com responsabilidade, para que sua substituição não prejudique a alimentação.

Como o organismo responde à retirada do glúten?

O glúten é uma proteína que demora a ser processada pelo organismo e isso desacelera o nosso metabolismo. Quando o excluímos da dieta, a absorção de certos nutrientes fica mais rápida e o processo de digestão facilitada. Daí a impressão de que estamos desinchando e reduzindo as medidas.

O glúten é encontrado na farinha de trigo, centeio, cevada, malte e, em menor proporção, na aveia. Por isso, quando cortamos o glúten, cortamos pratos altamente calóricos, como a macarronada, o pão de sal, biscoitos e bolos. Isso, obviamente, favorece qualquer dieta.

IMPORTANTE: No organismo de quem possui sensibilidade ao glúten, a resposta é ainda melhor, pois a má digestão da proteína pode desencadear processos inflamatórios, contribuir para a obesidade e o surgimento de outras doenças. Daí a grande importância do acompanhamento de médicos e nutricionistas.

Como substituir o glúten corretamente?

Se o que você leu até agora pareceu promissor, cuidado. As pessoas que não tem nenhuma sensibilidade e optaram por uma dieta gluten free só para emagrecer podem sentir muito mais fome e comer em excesso. O carboidrato das massas e pães são fontes importantes de energia, por isso, o trigo deverá ser substituído por ingredientes de valor calórico semelhante. Alguns exemplos são a tapioca, farinha de arroz, araruta, fécula de batata, polvilhos doce e azedo, milho, mandioca e trigo-sarraceno.

É o caso do pão de queijo e do Biscoito Mineiro Duduxo, que são gluten free porque são feitos de polvilho (amido de mandioca).

O problema é que alguns alimentos sem glúten, além do preço bastante elevado, podem conter açúcar em excesso na composição, para disfarçar o sabor e atingir o valor calórico dos alimentos com glúten, sendo ainda mais calóricos. Portanto, pode estar equilibrando um fator para desequilibrar o outro.

Outro cuidado que devemos tomar é verificar se, ao cortar da dieta um alimento com glúten, não estão sendo cortados nutrientes importantes. Ele também é encontrado junto com fontes de ferro, zinco e vitamina B e fibras, essenciais para o funcionamento do nosso organismo. Nesse caso, é preciso pesquisar outras fontes de nutrientes para serem incluídas na dieta.

Resumo da ópera

Em poucas palavras, se você não apresenta nenhuma sensibilidade ao glúten, a substituição deve ser feita com responsabilidade. Procure um médico e um nutricionista para avaliar a sua reação ao glúten e como será o novo cardápio, para que não haja déficit de nutrientes. Assim como em outras dietas, o mais importante é melhorar a qualidade das calorias e reduzi-las, se você quer emagrecer. Além disso, a prática de exercícios físicos, além do emagrecimento, contribuiu para a liberação de líquidos e o melhor funcionamento do organismo, reduzindo também a sensação de inchaço.

Fontes:
http://saude.terra.com.br/nutricao/site-esclarece- 5-mitos- sobre-a- dieta-sem- gluten-entenda,ebc1af86b7ce5410VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html 

http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/aliados-da- dieta/gluten-leite- tira-los- dieta-enxuga-medidas- 795007.shtml

http://mdemulher.abril.com.br/dieta/reportagem/dietas-de- emergencia/dieta-gluten- free-menos-3- kg-10- dias-786733.shtml

http://maisequilibrio.com.br/nutricao/dieta-glutenfree- mitos-e- verdades-2- 1-1- 838.html

https://www.google.com.br/search?espv=2&biw=1366&bih=667&q=alimentos+sem+gl%C3%BAten&revid=886812027&sa=X&ei=z6AuVLuPFY7KggTniYGwAw&ved=0CHcQ1QIoBQ

http://gluteneobesidade.wordpress.com/alimentos-sem- gluten/

http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/dieta- sem-gluten- evita-doencas- e-ajuda- a-emagrecer.htm

http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/bela- gil-explica- os-efeitos- negativos-da- dieta-sem-gluten-para- o-intestino.htm

Fale com a Duduxo

Será um prazer atendê-lo. Envie sua mensagem que um de nossos atendentes retornará o contato.

Selecionar